Escócia – Primeira Parte

Além de estudar, um dos nossos objetivos aqui na Europa é aproveitar para viajar. Estando aqui é muito fácil de conhecer outros países com uma tarifa muito, mas muito baixa em relação ao Brasil. Depois de dois meses e meio aqui, decidimos que era a hora de fazer nossa primeira viagem. Como ainda estamos contendo custos, o destino foi a passagem área mais barata da Ryanair, Escócia. A nossa viagem começou as 7 horas da manhã de sábado quando pegamos o ônibus que vai para o aeroporto. Saímos 9h30min e meia hora depois já estavamos em terras escocesas. Paramos no aeroporto de Glasgow Pretwisck, que fica afastado do centro da cidade. Geralmente a Ryanair deixa você em aeroportos distantes. Pegamos o trem da companhia ScottRail, na estação do próprio aeroporto.

Levamos aproximadamente 45 minutos até o centro de Glasgow. Os tickets são vendidos dentro do próprio trem, mas caso não dê tempo de o fiscal passar para vender, você deve comprar na estação de desembarque. Para sair da estação, é obrigatório obter o ticket. Se você apresentar a passagem da Ryanair ganha desconto. Pagamos 3,50 libras cada. Em Glasgow tudo é muito próximo. Você pode tranquilamente fazer os pontos turísticos a pé. Uma cidade bonita, mas não indicamos ir para lá se você também for para Edimburgo. Não há nada de diferente em Glasgow que você não possa fazer na capital escocesa. Visitamos alguns museus, parques e andamos de roda gigante. No fim do dia pegamos o trem rumo a Edimburgo.

Mais 1h30min de viagem e chegamos a maravilhosa Edimburgo. Uma cidade incrivelmente bonita, com muitas atrações turísticas. Fomos direto para o hostel fazer o check in e enfim nos desfazer das nossas mochilas. High Street Hostel é um hostel simples, mas fica no coração de Edimburgo. Além disso, custou apenas 15 euros por noite, para cada um. Dividimos o quarto com mais oito pessoas. Há um supermercado apenas a 5 minutos do hostel, onde fizemos nossa primeira compra para a refeição de sábado a noite. A cozinha é o lugar certo para conhecer novas pessoas e treinar o seu inglês.

Na manhã seguinte, acordamos 6h30min para seguir nosso roteiro e aproveitar ao máximo a cidade. A primeira parada foi no Caltn Hill, um parque de onde se pode avistar Edimburgo. Lá existem dois importantes monumentos, o National Monument of Scotland e Nelson Monument.

O Monumento Nacional da Escócia , popularmente conhecido como vergonha de Edimburgo , é um edifício inacabado. Um memorial nacional da Escócia para os soldados escoceses e marinheiros que morreram lutando na Guerras Napoleônicas. A construção começou em 1826 eo prédio foi deixado em seu estado inacabado em 1829.

O Monumento Nelson é uma torre comemorativa em homenagem ao vice-almirante Horatio Nelson. Foi construído entre 1807 e 1815 para comemorar a vitória de Nelson sobre as frotas francesas e espanholas na batalha de Trafalgar em 1805.

O Monumento Nelson é uma torre comemorativa em homenagem ao vice-almirante Horatio Nelson. Foi construído entre 1807 e 1815 para comemorar a vitória de Nelson sobre as frotas francesas e espanholas na batalha de Trafalgar em 1805.

Logo em seguida fomos para o Scott Monument, localizado no centro de Edimburgo, próximo a estação de trem.

Depois, fomos para a Câmera Obscura do Ilusionismo. Simplesmente fantástica. Pagamos 9 libras com tarifa estudantil e recomendamos. Você pode brincar com a sua mente o tempo inteiro, e na maioria das vezes ser enganado por ela.

Ilusão de ótica!

Falar na escócia e não lembrar de whisky é quase que impossível. Então, não podíamos deixar de visitar a Whisky Experience, um lugar onde você pode conhecer todo o processo de produção do whisky escocês e no final degustar. O passeio dura cerca de 45 minutos e custa 10 libras para estudante. Para quem não fala inglês ainda, assim como nós, tem a opção de escolher o áudio em português de Portugal.

Depois de uma pequena pausa para o almoço, fomos para o Edinburgh Castle. O ticket custa 12 libras, com tarifa para estudante. O castelo é muito grande e representa toda a história da cidade. Você pode visitar o castelo pelo interior e conhecer a história. Além disso, pode entrar na sala onde ficam guardados a coroa do Rei e as jóias da Rainha. Infelizmente não pudemos fotografar, mas foi a parte mais interessante da visita ao castelo.

Para terminar o primeiro dia em Edimburgo fomos para a National Gallery, e paramos para descansar no Princess Garden. Terminamos o dia na companhia de um esquilo, que aceitou nossa bolacha e correu para o galho de uma árvore…

Primeiro dia em Edimburgo foi fantástico. Uma cidade que tem cheiro de whisky em todos os cantos e um ar extremamente Europeu. Como o dia foi longo, não coube tudo em um post… no próximo post falaremos sobre o segundo dia. See you soon…

Anúncios
Categories: Uncategorized | Etiquetas: , , , | 3 comentários

Navegação de artigos

3 thoughts on “Escócia – Primeira Parte

  1. Lizandra

    Que bacana!! Adoreei as fotos, que lugar lindo…
    saudades de vcs!
    Beijos

  2. kola

    que lindooooo! beeijos

  3. Jé Kormann

    Demaais pha! Tudo muuuito lindoo! beeijo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

%d bloggers like this: